Entenda Os Tipos De Sushi

Tempo de leitura: 4 minutos

Conheça os tipos de sushi

O sushi puro é assim bastante rico nutricionalmente, quase sem gorduras e com elevada taxa de proteína, vitaminas, minerais e ómega-3 e muito recomendado para comer devido ao seu valor nutricional, mas como tudo na vida, em excesso pode fazer mal. Se quer saber mais sobre os tipos de sushi, aproveite este artigo.

Há uma grande variação de recheios, coberturas e condimentos para fazer os sushis e vamos conhecê-los :

Kappamaki. Hosomaki:  recheado apenas com pepino em tiras é um dos mais tradicionais sushis. Foi batizado dessa forma em homenagem ao Kappa, figura folclórica japonesa, que tinha o pepino como seu alimento preferido.

Quero Temaki!

Temaki: Feito em formato de cone, com o nori na parte externa e os ingredientes até à boca da extremidade larga. Um temaki típico possui em torno de dez centímetros de comprimento, e é comido com as mãos.

Uramaki: diferencia-se dos outros maki porque o arroz está na parte externa e o nori na interna. O recheio fica no centro, rodeado por uma camada de nori, uma camada de arroz e uma cobertura de outro ingrediente, como ovas de peixe ou sementes de gergelim torradas. No Japão, “rolo invertido” seria, na verdade, gyakumaki.

Igirizushi: Conhecido por ter Pequenos pedaços ligeiramente similares ao sushi prensado ou sushi enrolado, mas feito sem a utilização de makisu ou oshibako. Montar um nigirizushi é surpreendentemente difícil de fazer da forma correta. A forma mais simples é um pequeno bloco de arroz de sushi com uma lasca de wasabi e uma camada fina de uma cobertura colocada sobre ele, possivelmente amarrada com uma tira fina de nori.

Gunkanzushi:  Também conhecido como gunkanmaki, é um sushi pequeno, ovalado, similar em tamanho e aparência ao hosomaki. Um punhado de arroz é embrulhado à mão em uma tira de nori, mas, ao invés de o recheio, ficar no centro, tem alguns ingredientes como ovas de peixe.

Oshizushi: Seu pedaço e em formato de bloco usando um molde de madeira, chamado oshibako. O chef alinha o fundo do oshibako com a cobertura, cobre-o com arroz de sushi e pressiona a tampa do molde para baixo para criar um bloco compacto e retilíneo. O bloco é removido do molde e cortado em pedaços que cabem na boca.

Makizushi:  Feito com ajuda de uma esteira enrolável de bambu e um pedaço cilíndrico, O makizushi é geralmente embrulhado em nori, uma folha de alga marinha desidratada que abriga o arroz e o recheio.

Futomaki: Com o formato de Cilíndrico e grande, é um dos sushis mais populares. Possui como recheio uma variada combinação de peixes, folhas e raízes.

Hosomaki: Um pedaço cilíndrico fino, com o nori na parte externa. O hosomaki típico tem por volta de dois centímetros de espessura e dois centímetros de largura. Eles são geralmente feitos com apenas um recheio, simplesmente porque não há espaço suficiente para mais de um.

Hey Sushi Joe!

Sushi Joe: Considerado um Gunkan, pois tem salmão picado na faca com maionese como cobertura, mas ao invés da alga, usa-se o salmão envolto no arroz. Cebolinha picada para finalizar ;

Inarizushi: Um pequeno pacote ou bolsinha cheia de arroz de sushi e outros ingredientes. O pacote é confeccionado de tofu bem frito, uma omelete fina ( Conhecido como fukusazushi ), ou folhas de repolho ( conhecida como kanpyo ) ;

Chirashizushi: Trata- se de uma tigela de arroz de sushi com outros ingredientes misturados. Também conhecido como barazushi ;

Edomae chirashizushi: (sushi espalhado no estilo Edo). Feito com ingredientes crus arranjados de forma artística em cima do arroz na tigela ;

Gomokuzushi: ( sushi no estilo cansai ) Feito com ingredientes cozidos ou crus misturados no meio do arroz na tigela ;

Narezushi:  Forma mais antiga de sushi. Um peixe é recheado com sal após seus órgãos e escamas serem removidos. Estes peixes são colocados em um barril de madeira mergulhados em sal e comprimidos com um tsukemonoishi pesado ou uma pedra específica. Eles são fermentados por entre dez dias e um mês. Então esses peixes são colocados na água por entre 15 minutos e uma hora. Os peixes são então colocados em outro barril, encaixados e colocados em camadas com arroz cozido no vapor e peixe resfriados. Então eles são novamente selados de forma parcial com otosibuta, uma pedra específica. Conforme os dias passarem, a água fermentada deve ser retirada. Seis meses depois, esses funazushi podem ser comidos, podendo também durar mais de seis meses ;

Tekkamaki: Tendo, como recheio, o atum, é uma das variantes mais conhecidas de hosomaki ;

NigiriZushi ou Nigiri: pequenos pedaços circulares, mas não são feitos com esteira, são moldados à mão. Por norma o arroz é coberto com wasabi e uma cobertura sobre ele, possivelmente poderá vir amarrada com uma tira de nori ;

Para o preparo é necessário técnica, prática e principalmente paciência.

Se quiser aprender as técnicas de sushi e aprender a fazer sushi no conforto da sua casa, leia nosso artigo aqui.

Fique com o vídeo do canal Eater, onde poderá ver vários tipos de sushi.

Fonte: Youtube – Canal Eater

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *